UFPR é 9ª melhor universidade do Brasil e 13ª da América Latina, de acordo com Scimago Institutions Rankings

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) é a 9ª melhor universidade do Brasil e a 13ª da América Latina, de acordo com o ranking de 2020 do Scimago Institutions Rankings. Fonte de evolução da ciência por meio da avaliação de universidades e instituições de pesquisa de todo o mundo, a entidade utiliza um indicador que combina performance em pesquisainovação e impacto social para a classificação.

A UFPR ocupa a 9ª posição entre as universidades brasileiras.

A Federal do Paraná é a 13ª entre as universidades da América Latina. A Universidade de São Paulo (USP) está no topo das listas.

Evolução da UFPR no ranking ao longo dos anos.

 

 

Posição na classificação geral.

Critérios utilizados para o ranking Scimago.

Metodologia/Indicadores:

Pesquisa

  1. Impacto Normalizado (Resultado da Liderança) (NI): O Impacto Normalizado é calculado sobre o resultado da liderança da instituição usando a metodologia estabelecida pelo Karolinska Institutet na Suécia, onde é denominada “Média de pontuação de citação normalizada em campo orientada a itens”. A normalização dos valores de citação é feita em um nível de artigo individual. Os valores (em números decimais) mostram a relação entre o impacto científico médio de uma instituição e a média mundial definida como 1, – ou seja, uma pontuação da NI de 0,8 significa que a instituição é citada 20% abaixo da média mundial e 1,3 significa a instituição é citado 30% acima da média (Rehn e Kronman, 2008; González-Pereira, Guerrero-Bote e Moya-Anegón, 2011; Guerrero-Bote e Moya-Anegón, 2012). Indicador independente do tamanho.
  2. Excelência com Liderança ( EwL ): Excelência com Liderança indica a quantidade de documentos em Excelência em que a instituição é o principal colaborador (Moya-Anegón, et al., 2013). Indicador dependente do tamanho.
  3. Produto (O) : número total de documentos publicados em revistas acadêmicas indexadas no Scopus (Romo-Fernández, et al., 2011; OCDE, 2016). Indicador dependente do tamanho.
  4. Saída de periódicos não próprios (NotOJ): número de documentos não publicados em periódicos próprios (publicados pela instituição). Indicador dependente do tamanho. Adicionado na edição de 2019.
  5. Revistas próprias (JO): número de revistas publicadas pela instituição (serviços de publicação). Indicador dependente do tamanho. Adicionado na edição de 2019.
  6. Colaboração Internacional ( IC ): resultado da instituição produzido em colaboração com instituições estrangeiras. Os valores são calculados analisando os resultados de uma instituição cujas filiações incluem mais de um endereço de país (Guerrero-Bote, Olmeda-Gómez e Moya-Anegón, 2013; Lancho-Barrantes, Guerrero-Bote e Moya-Anegón, 2013; Lancho-Barrantes, et al., 2013; Chinchilla-Rodríguez, et al., 2010; 2012). Indicador dependente do tamanho.
  7. Publicações de alta qualidade (Q1): o número de publicações que uma instituição publica nos periódicos acadêmicos mais influentes do mundo. São os classificados no primeiro quartil (25%) em suas categorias, conforme ordenado pelo indicador SCImago Journal Rank (SJRII) (Miguel, Chinchilla-Rodríguez e Moya-Anegón, 2011; Chinchilla-Rodríguez, Miguel e Moya-Anegón, 2015 ) Indicador dependente do tamanho.
  8. Excelência ( Exc ): Excelência indica a quantidade de produção científica de uma instituição que está incluída nos 10% principais dos trabalhos mais citados em seus respectivos campos científicos. É uma medida de produção de alta qualidade das instituições de pesquisa (SCImago Lab, 2011; Bornmann, Moya-Anegón e Leydesdorff, 2012; Bornmann e Moya-Anegón, 2014a; Bornmann et al., 2014b). Indicador dependente do tamanho.
  9. Liderança Científica (L): Liderança indica a quantidade de resultados de uma instituição como principal colaborador, ou seja, a quantidade de trabalhos em que o autor correspondente pertence à instituição (Moya-Anegón, 2012; Moya-Anegón et. Al, 2013; Moya-Anegón, et al.,). Indicador dependente do tamanho.
  10. Acesso Aberto (OA): porcentagem de documentos publicados em periódicos de Acesso Aberto ou indexados no banco de dados Unpaywall. Indicador independente do tamanho. Adicionado na edição de 2019.
  11. Scientific Talent Pool (STP): número total de autores diferentes de uma instituição na produção total de publicações dessa instituição durante um determinado período de tempo. Indicador dependente do tamanho.

Inovação

  1. Conhecimento inovador (IK): produção de publicação científica de uma instituição citada em patentes. Baseado em PATSTAT (http://www.epo.org) (Moya-Anegón e Chinchilla-Rodríguez, 2015). Depende do tamanho.
  2. Impacto tecnológico (TI): porcentagem da produção científica publicada nas patentes. Esse percentual é calculado considerando a produção total nas áreas citadas nas patentes, que são as seguintes: Ciências Agrícolas e Biológicas; Bioquímica, Genética e Biologia Molecular; Engenheiro químico; Química; Ciência da Computação; Ciências da Terra e Planetárias; Energia; Engenharia; Ciência ambiental; Profissões de saúde; Imunologia e Microbiologia; Ciência de materiais; Matemática; Remédio; Multidisciplinar; Neurociência; Enfermagem; Farmacologia, Toxicologia e Farmacêutica; Física e Astronomia; Ciências Sociais; Veterinária . Baseado em PATSTAT (http://www.epo.org) (Moya-Anegón e Chinchilla-Rodríguez, 2015). Independente do tamanho.
  3. Patentes (PT): número de pedidos de patentes (famílias simples). Baseado no PATSTAT (http://www.epo.org). Depende do tamanho.

Impacto social

  1. Altmetrics (AM): O indicador Altmetrics foi calculado sobre os 10% de documentos das instituições (melhores documentos sobre o valor normalizado do impacto). Este indicador possui dois componentes:

– Métricas do PlumX (peso: 70%): número de documentos que têm mais de uma menção no PlumX Metrics (https://plumanalytics.com). Consideramos menções no Twitter, Facebook, blogs, notícias e comentários (Reddit, Slideshare, Vimeo ou YouTube)

– Mendeley (peso: 30%): número de documentos que possuem mais de um leitor em Mendeley (https://www.mendeley.com).

Este indicador depende do tamanho. Adicionado na edição de 2019.

2. Número de backlinks (BN): número de redes (sub-redes) das quais vieram os links de entrada para o site da instituição. Dados extraídos do banco de dados ahrefs (https://ahrefs.com). Depende do tamanho.

3. Tamanho da Web (WS): número de páginas associadas ao URL da instituição de acordo com o Google (https://www.google.com) (Aguillo et al., 2010). Depende do tamanho.

Fonte: Scimago Institutions Rankings