Pancreatite Aguda

O pâncreas

O pâncreas é um órgão localizado na parte superior do abdome, abaixo do estômago e ao lado da primeira parte do intestino delgado. É essencial ao funcionamento do corpo, pois produz tanto substâncias liberadas na corrente sanguínea como substâncias liberadas no trato digestório. É o pâncreas que produz a famosa insulina, que regula o açúcar no organismo. É ele também que produz as chamadas enzimas pancreáticas, essenciais para a digestão dos diversos alimentos ingeridos.

 

Pancreatite Aguda

É uma inflamação aguda do pâncreas que pode ocorrer por vários motivos. Abrange desde casos leves até quadros dramáticos que acabam por afetar todo o organismo (não só o pâncreas) e levar ao óbito.

 

Causas de pancreatite aguda

▪ Biliar: mais de 50% dos casos

Ocorre quando o cálculo da vesícula (ver texto Você tem “pedra na vesícula”?) passa pelos canalículos biliares, aumentando a pressão no pâncreas e causando a pancreatite aguda.

▪ Álcool: 30% dos casos

A ingestão aguda de grandes quantidades de álcool pode causar pancreatite.

Obs: isso não vale apenas para indivíduos ditos alcoólatras, mas para qualquer pessoa que ingira grandes quantidades de álcool de uma só vez.

 

▪ Traumas abdominais

Em crianças, o impacto de algo no abdome (ex: guidão de bicicleta) pode ser a causa de uma pancreatite aguda.

 

▪ Outras causas: excesso de triglicerídeos, infecções, ingestão de certas medicações, entre outras.

 

Sintomas

A pancreatite aguda, independentemente da causa, gera: dor abdominal de forte intensidade, náuseas e vômitos intensos.

Nos casos graves, o coração fica acelerado, a respiração fica acelerada, há sudorese (suor excessivo) e manchas arroxeadas no abdome. O paciente pode ter disfunção em vários órgãos e evoluir para óbito.

 

Diagnóstico

O diagnóstico baseia-se na história clínica, em exames de imagem (tomografia, por exemplo) e em exames laboratoriais.

 

Tratamento

Baseia-se em hidratação, medicação para dor e vômitos, antibióticos se houver infecção associada, jejum e dieta com pouca gordura. Em alguns casos, há indicação de tratamento cirúrgico.

Importante lembrar que o paciente que tem o cálculo biliar como causa de pancreatite deve ter a vesícula biliar retirada cirurgicamente para que o quadro pancreático não se repita.

 

Autoria: Tayná

Fontes: Ministério da Saúde e Livro de Clínica Medica da Universidade de São Paulo

Imagens: Internet

Maio/2020